MSXRio’2010

14º Encontro Carioca de Usuários de MSX, MSXRio’2010: SESC Engenho de Dentro, nos dias 13 de março, 3 e 4 de junho e 11 de setembro.

Já que deu certo a idéia dos encontros menores em 2009, por que mudar para 2010? Decidimos manter a fórmula bem-sucedida, e resolvemos ousar, fazendo 3 encontros em 2010, nos dias 13/3, 3 e 4/6 (feriado de Corpus Christi) e 11/9. Foi um pedido para que os encontros ocorressem no início do mês, por questões financeiras (mais dinheiro no bolso), e para ser mais fácil para quem vem “de fora”. Abaixo vocês tem os relatos de como foram os encontros.

13 de março

O encontro foi preparado com certa antecedência, já que foi possível ir até o SESC no dia anterior e arrumar a sala (ao lado da sala usada nos anos anteriores). Logo, quando todos chegaram, já encontraram a mesa com os itens à venda dispostos e organizados, as mesas espalhadas, extensões colocadas, micros ligados… Tudo feito.

Tivemos a presença já constante de vários amigos, e alguns itens interessantes, como um Hotbit com drive embutido, um joystick realmente grande (Pasoko, alguém já viu essa marca?), e um MSX-on-a-chip. Um não, dois, o que é algo extremamente raro, quase ficção científica.

Também foram feitos testes no MSX-on-a-chip para a geração de imagens em diferentes monitores (já que ele tem uma porta VGA), e é claro, o lançamento da Shockwave, criação da Tecnobytes. A Shockwave é um cartucho de som, quase igual à Moonsound, desenvolvida pela Sunrise Swiss. As diferenças são:

  • Som mais limpo, graças a um DAC usado para fazer a filtragem e cortar ruídos indesejados.
  • 1 Mb de SRAM já direto na placa.
  • R$ 350 + frete, p/ pronta entrega.

Legal, não? Na galeria de fotos temos algumas aparições da placa. Mas o som é realmente espetacular.

E, no fim do encontro, mais pizza, agora na Parmê do Nova América. Que venha junho!

3 e 4 de junho

Em junho éramos para lançar mais uma edição do MSX-Force, mas não foi possível, pois o diagramador estava ocupado demais para montá-lo. Logo, sairá uma edição em setembro (MSXRio’2010), e outra em novembro (Jaú 2010).

Quanto ao encontro, o propósito é facilitar para os amigos MSXzeiros que não são do Rio, para vir e curtir 2 dias.  Tivemos a presença do Raimundo, do Rubens e da sua namorada (vieram de São Paulo), além dos fudebas expatriados, como o Giovanni (que está exilado por vontade própria em Campinas).

Mas, por conta da Copa do Mundo, a sexta-feira não foi “enforcada” para a maioria, o que esvaziou um pouco o encontro. Mas o nosso amigo Ricardo Oazem (Tecnobytes), em mais um lançamento, trouxe para o evento a Powergraph, que é um cartucho de vídeo compatível com a GFX9000, da Sunrise suíça, só que com dois diferenciais:

  • Saídas S-Vídeo e Vídeo Composto, ao invés do RGB bizarro desenvolvido pelos suíços.
  • R$ 350 + frete, pronta entrega.

E com isso, finalmente ele pode experimentar o tão famoso jogo X-Tazy, que só teve 2 fases finalizadas. Esse monstro exige um Turbo-R com 1 Mb de RAM, GFX9000 e Moonsound. Usando o micro do Ricardo (que é um Philips MSX 2+ com 1 Mb de SRAM), Powergraph e Shockwave, deu para jogar… E entender a exigência do Turbo-R: O jogo fica LENTO, faz falta velocidade na CPU.

Ainda tivemos um Apple IIc de penetra, Bombaman na Powergraph, gente debulhando revistas em japonês (e alguém lê japonês, daqui do Rio?), para então encerrar o encontro no Petisco da Vila, dentro da Rua do Rio, no Shopping Nova América, celebrando a amizade, a fraternidade, e a fudebagem MSXzeira. Até setembro!

11 de setembro

O último encontro de 2010 ocorreu no SESC, na mesma bat-sala dos encontros de 2010, no segundo andar. Foi, como sempre, um encontro muito divertido, o que não quer dizer que seja numericamente grande. Nunca é. Mas foi muito bom. e tivemos a presença da fudebada de sempre, e como temos habitualmente, gente nova aparecendo.

Dos acontecimentos marcantes, temos a listar a meta do Leandro, de finalizar um jogo a cada encontro. Nesse, ele fechou o Gall Force. Ele já fechou o Thexder, e pelo visto não sossegará em fechar todos o que puder. Só espero que ele não tenha contato com o Zorax… E aí do lado vocês vèem a cara animada dele.

Ainda temos a presença do Alessander Souza, mais conhecido como Sander, que levou um CP-400 Color II para o encontro (tentamos a respiração-boca-a-boca no micro, mas… “He’s dead, Jim”), e cada vez mais está ativo na comunidade, inclusive seco para desenvolver para MSX, o que é ótimo. Como já diria o Monkeyboy: “Developers, developers, developers…

Mas, e o Oazem? Bem o que o pessoal da Tecnobytes traz, sempre é um acontecimento. E a última do fera em eletrônica de Belford Roxo é… Por um Master System para ser controlado pelo MSX. Duvida? Olha só as fotos abaixo:

Olha o Oazem mexendo no R-Type do Master System usando o MSX... Em tempo real.
Olha o Oazem mexendo no R-Type do Master System usando o MSX... Em tempo real.

O segredo, segundo mestre Oazem, é simples (para ele, né?): o MSX controla um Master System com um cartucho que ele desenvolveu. Daí, dá para imaginar a quantidade de possibilidades: Desde modificação em tempo real de jogos até multiprocessamento. Abaixo vão os 3 vídeos feitos e que o Ricardo disponibilizou:

Master System e MSX – 1

Master System e MSX – 2

Master System e MSX – 3

A turma no Manuel & Juaquim.
A turma no Manuel & Juaquim.

O que temos mais? Bem, um campeonato de Animal Wars, que provou que o João não é tão bom jogador assim, e que o Ricardo é um “mão-quebrada”. O Kim trouxe Moais feitos em cerâmica para vender, feitos por um amigo, artista plástico (em Jaú ele trouxe Pentaros para vender – precisa dizer que eu comprei?), entre outros.

No final do dia, todos no Manuel & Juaquim, bar tradicional do Rio e que tem uma filial próxima ao SESC Engenho de Dentro, o que acabará tornando-o o ponto de encontro pós-MSXRio. O encontro foi muito divertido, e o modelo, iniciado em 2009, foi aprovado. Que venha 2011, com 3 encontros!

Olha eu na MSXRio, mãe!
Olha eu na MSXRio, mãe!

Um comentário sobre “MSXRio’2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *